Prefeitura de Paranaiguara
ACESSIBILIDADE MAPA DO SITE ALTO CONTRASTE TAMANHO DA FONTE:
  • A+
  • A
  • A-

História

Paranaiguara surgiu espontaneamente às margens do Ribeirão Mateira e foi devidamente planejada e reconstruída em um lugar fora da área de inundação da represa de São Simão.

Por volta de 1928, a parte sul do gigantesco município de Quirinópolis, a princípio denominado Capelinha, localizado a sudoeste do Estado de Goiás, tinha pouquíssimos habitantes. Em 1930, deu-se início à construção de uma ponte, que só foi concluída em 1933.

No local onde em 1942 havia apenas 2 ranchos, formou-se a corrutela constituída de ranchos de paredes de palha, tomando o nome de Mateira.
Grande foi o desenvolvimento. Influenciaram esse progresso: a posição geográfica entre as cidades de Quirinópolis, Jataí e Ituiutaba-MG.

Em 1975, a construção da barragem de São Simão represou grande área, inclusive a da sede municipal. Proprietários de toda área alagada foram desapropriados.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Presidente Dutra (ex-povoado de Mateira) pela Lei Municipal n.º 11, de 21-01-1950, subordinado ao município de Quirinópolis.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito figura no município de Quirinópolis.

Elevado à categoria de município com a denominação de Mateira, pela Lei Estadual n.º 743, de 23-06-1953, desmembrado de Quirinópolis. Sede no atual distrito de Mateira (ex- Presidente Dutra). Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963.
Pela Lei Estadual n.º 6.561, de 12-05-1967, o município de Mateira passou a denominar-se Paranaiguara.

Em divisão territorial datada de 1-I-11979, o município já de denominado Paranaiguara é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2017.

Fonte: IBGE